Central de Atendimento : (21) 3385-2000

Nutrição Oncológica

>>Nutrição Oncológica
Nutrição Oncológica 2017-09-19T13:58:16+00:00

Por Mônica Benarroz – Nutricionista do Grupo COI Você que deseja ter mais disposição; pele, unhas e cabelos mais viçosos; boa memória; intestino funcionando sem esforço; dentes e ossos fortes; sistema imunológico ativado com redução dos processos alérgicos e muitas outras qualidades de saúde leia este texto.

Por Mônica Benarroz – Nutricionista do Grupo COI A lactose é um tipo de açúcar presente no leite de vaca e em alguns derivados. Esse tipo de açúcar precisa de uma enzima digestiva chamada “lactase” para fazer a digestão no intestino delgado, mas algumas pessoas não conseguem produzir a lactase de forma adequada.

Por Mônica Benarroz – Nutricionista do Grupo COI Um velho ditado diz: “Prevenir é melhor que remediar”. Por isso, estamos enfatizando o que a renomada instituição internacional Fundo Mundial de Pesquisa contra o Câncer/Instituto Americano para Pesquisa do Câncer (WCRF/AICR) recomenda há muitos anos.

Por Mônica Benarroz – Nutricionista do Grupo COI Pacientes que fazem a gastrectomia (remoção) parcial ou total do estômago precisam ter uma alimentação adequada em qualidade e quantidade, com oferta regular de alimentos para suprir as necessidades de calorias, proteínas, vitaminas e minerais.

Por Mônica Benarroz – Nutricionista do Grupo COI O estômago é um órgão do sistema digestivo com a função de armazenar o bolo alimentar (a comida ingerida) e de ajudar na digestão dos alimentos.

Por Luciana Fernandes – Nutricionista do Grupo COI As carnes processadas são alimentos que sofreram algum tipo de transformação pela indústria e estão relacionadas ao aumento no risco de doenças cardiovasculares e câncer. Um exemplo desse tipo de alimento são salsichas, presunto, bacon, salame e nuggets.

Por Mônica Benarroz – Nutricionista do Grupo COI A desidratação ocorre quando uma pessoa não bebe quantidade satisfatória de líquidos e/ou apresenta perda excessiva de líquidos por meio de sintomas como vômitos incontroláveis, diarreia líquida e febre, por exemplo.

Por Mônica Benarroz – Nutricionista do Grupo COI Comer em carrocinhas, quiosques ou barracas é uma prática muito comum para os foliões. Depois de passar horas atrás dos blocos de rua ou mesmo dançando nos bailes de carnaval, é importante repor líquidos e energia.

Por Mônica Benarroz – Nutricionista do Grupo COI –  Abacaxi, ameixa-preta ou vermelha, banana, caqui, carambola, cereja, damasco, figo, kiwi, laranja, maçã, morango, pera, tâmara, uva, e muito mais. Uma variedade de cores e sabores faz das frutas desidratadas um grande atrativo para decorar os pratos doces e salgados, além de enriquecer as refeições.

Por Patricia Albuquerque – Nutricionista do Grupo COI Os frutos oleaginosos, ou simplesmente as nozes, são representados pelos seguintes frutos: amêndoa, pecã, castanha-do-pará, castanha de caju, pistache, avelã, macadâmia, noz e castanha. Dentre as suas características, estão o alto teor de proteínas e as gorduras monoinsaturadas.

Por Mônica Benarroz – Nutricionista do Grupo COI Todo o mundo sabe que a dor é uma sensação tão desagradável que, às vezes, não temos vontade de fazer nada, nem de comer. Mas também todo o mundo sabe que comer é uma condição básica para tornar nosso organismo mais forte. Então, como resolver esse dilema?

Por Monica Benarroz – Nutricionista do Grupo COI O consumo de remédios à base de plantas medicinais como um recurso terapêutico é uma realidade muito comum em diversas culturas do mundo. A motivação varia em prevenir ou tratar diferentes tipos de doenças e melhorar a qualidade de vida.

Por Monica Benarroz – Nutricionista do Grupo COI Durante os tratamentos anticâncer, o paciente, frequentemente, passa por alterações de peso corporal. Quando o ganho de peso é notório e indesejado pode desencadear, no paciente, um desejo de emagrecer a qualquer preço, sem considerar os hábitos alimentares saudáveis e o exercício físico nessa decisão.

Por Monica Benarroz – Nutricionista do Grupo COI Toda vez que falamos de alimentação saudável, imediatamente pensamos num lindo prato de salada ou num belo café da manhã composto de frutas e sucos. Tudo be

Por Monica Benarroz – Nutricionista do Grupo COI A perda de peso antes do diagnóstico do câncer é um problema frequente. Pode estar relacionada à falta de apetite, ao desânimo e às alterações da função digestiva.

Por Luciana Fernandes – Nutricionista do Grupo COI A cor avermelhada de frutas como melancia, morango, pitanga e goiaba é originada pelo pigmento contido nesses alimentos.

Por Monica Benarroz – Nutricionista do Grupo COI Conforme tratamos no artigo anterior, a obesidade é uma doença com diferentes causas e pode desencadear outras doenças, entre elas o câncer. Assim como a obesidade, o câncer também é considerado um problema de saúde pública mundial.

Por Monica Benarroz – Nutricionista do Grupo COI Falar de obesidade não é um assunto muito simpático, apesar de o tema ser frequentemente estampado em várias revistas e debatido em muitos programas de rádio e televisão. Ainda, assim, é necessário provocar algumas reflexões sobre o tema.

Por Monica Benarroz – Nutricionista do Grupo COI A alimentação faz parte das diferentes formas que encontramos para assegurar uma vida saudável. Também está relacionada ao estilo de vida e ao prazer. Hoje, ela é fortalecida na rede social.

Por Monica Benarroz – Nutricionista do Grupo COI Maneira prática e saborosa de melhorar sua alimentação e saúde.

Por Monica Benarroz – Nutricionista do Grupo COI O chocolate é um alimento estimulante com alto valor calórico. Seu principal ingrediente é o cacau, uma fruta rica em polifenóis (substâncias antioxidantes benéficas ao organismo) e alguns minerais, como magnésio, cobre e potássio.

A soja (Glycine max (L.) Merrill) é uma leguminosa oleaginosa, rica em proteína, gorduras poli-insaturados, fibras e em diversas vitaminas e minerais.

Por Monica Benarroz – Nutricionista do Grupo COI Os vegetais crucíferos são um grupo de vegetais ricos em enxofre e abrangem diferentes partes das plantas como as folhas (por exemplo: agrião, couve e rúcula), as flores (por exemplo: couve-flor e brócolis) e as raízes (por exemplo: nabo e rabanete).

Por Monica Benarroz – Nutricionista do Grupo COI Os alimentos sempre estiveram associados à ideia de saúde, bem-estar e prazer. Quando criança, ouvimos conselhos de que é preciso comer bem para crescermos saudáveis, bonitos e inteligentes.

Por Monica Benarroz – Nutricionista do Grupo COI Conhecida como a vitamina do sol, a vitamina D é uma substancia muito importante para a saúde dos ossos e de outras partes do corpo.